No post de hoje falaremos de um tema muito importante: como se concentrar nos estudos.

Ao longo da nossa trajetória no ensino de línguas percebemos que alguns comportamentos podem fazer toda a diferença no sucesso da aprendizagem.

Um desses comportamentos é a atenção que o aluno dá ao professor na sala de aula. É importante se concentrar nos estudos.

Alunos desatentos tendem a perder parte da aula, ou “boiar” como se diz por aí. Isso significa tempo perdido.

Como todos sabemos, o tempo não volta, então o ideal é não desperdiçá-lo.

Porém, como exatamente podemos melhorar nossa atenção?

Hoje, vamos falar então sobre esse elemento, que é o principal que você pode trazer para dentro da sala de aula. Sua atenção!

5 dicas para melhorar sua atenção e se concentrar nos estudos

A atenção que o aluno traz para o trabalho desenvolvido em sala de aula é um fator decisivo para o sucesso da aprendizagem. Podemos decompor a atenção em cinco elementos:

  1. o olhar;
  2. as mãos livres;
  3. a escuta;
  4. a postura;
  5. o silêncio.

como se concentrar nos estudos

O olhar

O olhar, por excelência,dirige o foco de nosso interesse, e deve estar voltado à atividade ou ao professor e a sua explicação.

Nosso olhar é muito importante, ele dirige a atenção que é nossa “flecha” para caçar informações.

A escuta

Assim como o olhar, a escuta colabora na concentração de energia necessária à aquisição de uma nova informação ou habilidade.

O aluno que fica com o olhar e a escuta dispersos, prestando atenção nos vários sons e movimentos do meio ambiente, e não na aula em si, terá dificuldade em captar, organizar e reter o conteúdo.

As mãos livres

Também ficar segurando ou balançando um objeto com a mão dissipa energia e, por conseguinte, a atenção.

Então, mãos livres! Além disso, a agitação motora demonstra um certo nível de ansiedade e uma necessidade de descarga.

Fatores esses que certamente prejudicam os processos cognitivos de assimilação de conteúdo.

A postura

Ainda, podemos acrescentar a postura do aluno como um todo.

Sentar-se adequadamente promove o relaxamento deixando o cérebro ativo e irrigado para trabalhar pois a circulação do corpo fica mais livre, mais fluida, ajudando na oxigenação do cérebro.

De outro modo, as dores posturais e os incômodos físicos também roubam energia, energia esta necessária ao trabalho didático.

O silêncio

Por fim, como último elemento da atenção falaremos do silêncio.

O silêncio é como uma sala vazia onde podemos colocar mobília, mobília nova.

Se a sala estiver cheia não vai caber muita coisa ou talvez nada.  Talvez este seja o elemento mais importante da atenção.

Indispensável para o trabalho harmonioso e inteligível.

Resumindo

Basicamente os cinco elementos (dá pra contar nos dedos das mãos) são o olhar, as mãos livres, a escuta, a postura e o silêncio.

Inscreva-se no Nosso Canal

Estes cinco elementos vão fazer a diferença quantitativa e qualitativa nos eu aprendizado. Talvez no início seja um pouco difícil, mas procure treinar aos poucos.

Observe seu comportamento. Perceba quando você estiver deixando de realizar um desses comportamentos e mude!

Procure trazer estes 5 elementos ao seu estudo e ao seu tempo em sala de aula.

No início apenas alguns minutos serão suficientes e com o passar do tempo você verá que ficará mais fácil realizá-los e se surpreenderá com os resultados:  muito mais aprendizagem, mais eficaz e mais duradoura.

Então é isso. Trouxemos essa dica pois temos certeza que ela poderá ajudar você a aproveitar melhor seu tempo em sala e fora dela, atingindo assim os resultados desejados mais rapidamente.

E aí o que achou? Deixe seu comentário para compartilhar sua opinião sobre esse tema. Ficaremos felizes em poder saber.

Boa prática e até a próxima!

Leia Também: